Adega SOMMOS: a expressão da eficiência energética na produção de vinho

É considerada a segunda melhor adega do mundo. Adega Sommos, situada no coração de Somontano, é uma das adegas mais modernas e inovadoras de Espanha. Inaugurada em 2008, grande parte construída na terra que oculta os seus 30.000 metros quadrados, por baixo das vinhas que a rodeiam.

Arquitetura bioclimática
A arquitetura de Sommos destaca-se pela singularidade das suas formas e pela força dos seus materiais (aço e vidro). Surge harmónicamente rodeada de vinhas, variando o caminho e a sua contemplação, ao compasso das estações. Mas se a vista inicial impressiona, ainda fica muito por descobrir.

27 dos 54 metros de altura da adega estão enterrados no solo, conseguindo uma poupança energética de 70%. O seu design foi estabelecido também com o objetivo de poder utilizar a gravidade (27 metros de altura) como meio de transporte para as uvas e vinho, aumentando o seu cuidado e qualidade.

Conseguir un edifício bioclimático foi uma das grandes apostas da equipa do prestigiado arquiteto Jesús Marino Pascual. Os muros dos armazéns que dão para o exterior aparecem cobertos com parassóis de chapas de aço inoxidável, a cobertura é vegetal e as portas e janelas do edifício (fundamentalmente das zonas de utilização social e o restaurante) foram dotados de grandes vãos para manter a temperatura, conseguindo melhorar a eficiência energética na produção de vinho.

Sommos possui um sistema adicional de climatização no armazém das pipas, que regula a humidade (80%) e a temperatura a 14ºC, junto com o controlo natural que determina a arquitetura da adega,.

A Sedical colabora com Climatización Pirenaica para conseguir maximizar a eficiência energética na produção de vinho

Duas máquinas de frio da série Z-Power SE, gama eficiente de máquinas de frio de agua, dão serviço à climatização desta adega. Máquinas monobloco com condensação por ar, ventiladores helicóidais TCAVBZ modelos 2331 e 2940, com compressores semiherméticos de parafuso de alta eficiência energética e gás refrigerante R134a, execução especial no modelo 2331 para trabalhar com água glicolada a -8 ºC. São geridas e integradas por Modbus a partir de um CENTRAWebPlus, un controlador multiprotocolo de grande capacidade e elevadas prestações. A integração das máquinas de frio permite monitorizar e atuar sobre os sinais mais relevantes. Além de otimizar o funcionamento e rendimento das máquinas, aproveita todas as vantagens do sistema CENTRAWebPlus: conetividade por internet e envio de alarmes por correio eletrónico.

Sedical também forneceu 14 variadores de frequência para as 8 bombas de rotor seco que são igualmente comandados pelo sistema CENTRAWebPlus via Modbus. Com estes variadores a Sedical poderá ajustar o ponto de trabalho das bombas às condições reais de funcionamento, conseguindo de modo ótimo reduzir o consumo de energía, evitar ruídos e otimizar o funcionamento da instalação.

Integra-se igualmente o controlador digital de combustão W-FM50 do queimador WM-G10/4-A ZM. O controlo digital de combustão permite um funcionamento económico e seguro do queimador. A técnica mais moderna aliada a um formato compacto permite a este potente queimador pôr a funcionar esta exigente instalação. Este queimador cumpre com os requisitos do Normativa Europeia de Eco-Design de motores elétricos, com o motor de eficiência IE3. Passar de IE2 a IE3 pressupõe melhorar de forma notável a eficiência energética.

Na Sedical sentimo-nos orgulhosos de ter colaborado em parte da solução para conseguir a máxima eficiência energética da climatização desta prestigiada adega, em parceria com o nosso cliente Climatización Pirenaica.

Bodega Sommos, mais do que uma adega.

es portugues Copyright 2013 Sedical - Aviso legal | Política de cokies | Política de Privacidade
Este sitio web utiliza cookies para mejorar la navegación de las personas usuarias y mostrarle publicidad relacionada. Si continúa navegando consideramos que acepta su uso. Pinche el enlace para mayor información sobre la política de cookies.
Acepto Cerrar